Para Igrejas é bem simples e é feito tudo pela internet. Basta apenas encaminhar os dados da empresa, enviamos o contrato de serviços que será assinado e devolvido por e-mail. Os serviços se iniciam a partir da data acordada no contrato. Se a empresa for assessorada por outro contador é necessário assinar o distrato e observar o prazo de carência deste distrato.


COMO FAÇO PARA ABRIR A MINHA EMPRESA?
Para abrir uma Igreja é necessário o envio das cópias autenticadas do RG, CPF e Comprovante de Endereço e IPTU. Após isso, você irá receber um e-mail detalhado com os procedimentos necessários. O Valor de Abertura é gratuito.
COMO REGISTRAR MINHA IGREJA NO CARTÓRIO?
O registro das Associações é feito no Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas. Na maioria das cidades existe um cartório específico para essa finalidade, do contrário este registro é feito da comarca adjacente. Um aspecto relevante é o fato de alguns cartórios terem exigências diferentes que vão além do previsto no que determina lei. De qualquer forma, vale orientar as pessoas responsáveis por essa tarefa, tenham bastante paciência e estejam preparadas para enfrentar um pouco de burocracia, ou contratem um Escritório especializado com as demandas legais. De acordo com a lei 6.015/73 (art. 120 e 121), são necessários os seguintes documentos para se registrar uma associação: 1. ATA DE FUNDAÇÃO, impressa em papel timbrado (se já houver) ou em papel ofício, transcrita do livro de atas, mas sem a inclusão do estatuto e sem os erros eventualmente cometidos quando foi manuscrita no livro, desde que os erros tenham sido devidamente consertados por observação do secretário que a escreveu. A ata deve ser assinada pelo representante legal da associação (presidente ou outro membro conforme determinar o estatuto); 2. DUAS OU TRÊS VIAS DOS ESTATUTOS, na íntegra, impressos (separados da ata de constituição) com a assinatura do representante legal da associação em todas as páginas; 3. A RELAÇÃO DOS ASSOCIADOS FUNDADORES E DOS MEMBROS DA DIRETORIA ELEITA, com a indicação da nacionalidade, do estado civil e da profissão de cada um. 4. OFÍCIO ENCAMINHADO AO CARTÓRIO, solicitando o registro, assinado pelo representante legal da associação, com a apresentação do seu endereço pessoal e do endereço da sede da entidade. De acordo com a Lei 9.096/95 os seguintes itens devem constar dos estatutos: A. A denominação, os fins e a sede da associação, bem como o tempo de sua duração; B. O modo como se administra e representa a sociedade, ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente; C. Se o estatuto é reformável no tocante à administração, e de que modo. D. Se os membros respondem ou não, subsidiariamente, pelas obrigações sociais; E. As condições de extinção da pessoa jurídica e nesse caso, o destino do seu patrimônio. Com a documentação em ordem o registro será feito, o oficial do cartório fará o lançamento da certidão de registro e devolverá uma das vias dos estatutos com o número de ordem, livro e folha onde foi lançado. Esse é o registro inicial da Associação, ao contrário do que exige a maioria dos cartórios, a lei não prevê a necessidade de assinatura de um advogado nas vias dos estatutos. O passo seguinte é providenciar o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, que será feita numa Delegacia da Receita Federal. Esse cadastro que permitirá a associação realizar transações financeiras, contratos, convênios, contratação de empregados. Para inscrição no CNPJ a associação deverá apresentar: 1. Documento básico de entrada, em duas vias (encontra-se disponível na receita federal); 2. Ficha cadastral da pessoa jurídica (encontra-se disponível na receita federal); 3. Quadro de associados (o mesmo utilizado para o registro no cartório); 4. Estatutos sociais registrados em cartório. Para inscrição municipal a associação deverá procurar a prefeitura do município: 1. Juntar requerimento para inscrição municipal acompanhado da documentação probatória. Geralmente estas prefeituras têm formulários específicos para estes procedimentos. Finalmente concluída a etapa, a Entidade estará devidamente registrada e pronta para entrar em funcionamento. Os demais documentos, livros caixa, registro de empregados, deverão ser providenciados juntos com o contador que for escolhido pela associação.
COMO É FEITO O MEU ATENDIMENTO E ASSESSORAMENTO, POSSO CANCELAR A QUALQUER MOMENTO?
O VireiContador é especializado e já assessora diversas igrejas, realiza o seu atendimento por chat, skype e e-mail, utilize da forma que preferir. No ato da contratação dos serviços você receberá a lista de contatos que manterá com a nossa empresa nas áreas de relacionamento. Você receberá também as instruções para preenchimento online das suas notas fiscais e documentos mensais que serão enviados por nossa plataforma web. Tudo de forma simples e prática.

Abra sua empresa grátis*

Abrir sua empresa nunca foi um processo tão rápido, fácil e prático. Inicie agora!

Para Igrejas é bem simples e é feito tudo pela internet. Basta apenas encaminhar os dados da empresa, enviamos o contrato de serviços que será assinado e devolvido por e-mail. Os serviços se iniciam a partir da data acordada no contrato. Se a empresa for assessorada por outro contador é necessário assinar o distrato e observar o prazo de carência deste distrato.


no-repeat;center top;;

auto

fadeIn

COMO FAÇO PARA ABRIR A MINHA EMPRESA?

: Para abrir uma Igreja é necessário o envio das cópias autenticadas do RG, CPF e Comprovante de Endereço e IPTU. Após isso, você irá receber um e-mail detalhado com os procedimentos necessários. O Valor de Abertura é gratuito.

COMO REGISTRAR MINHA IGREJA NO CARTÓRIO?

: O registro das Associações é feito no Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas. Na maioria das cidades existe um cartório específico para essa finalidade, do contrário este registro é feito da comarca adjacente. Um aspecto relevante é o fato de alguns cartórios terem exigências diferentes que vão além do previsto no que determina lei. De qualquer forma, vale orientar as pessoas responsáveis por essa tarefa, tenham bastante paciência e estejam preparadas para enfrentar um pouco de burocracia, ou contratem um Escritório especializado com as demandas legais. De acordo com a lei 6.015/73 (art. 120 e 121), são necessários os seguintes documentos para se registrar uma associação: 1. ATA DE FUNDAÇÃO, impressa em papel timbrado (se já houver) ou em papel ofício, transcrita do livro de atas, mas sem a inclusão do estatuto e sem os erros eventualmente cometidos quando foi manuscrita no livro, desde que os erros tenham sido devidamente consertados por observação do secretário que a escreveu. A ata deve ser assinada pelo representante legal da associação (presidente ou outro membro conforme determinar o estatuto); 2. DUAS OU TRÊS VIAS DOS ESTATUTOS, na íntegra, impressos (separados da ata de constituição) com a assinatura do representante legal da associação em todas as páginas; 3. A RELAÇÃO DOS ASSOCIADOS FUNDADORES E DOS MEMBROS DA DIRETORIA ELEITA, com a indicação da nacionalidade, do estado civil e da profissão de cada um. 4. OFÍCIO ENCAMINHADO AO CARTÓRIO, solicitando o registro, assinado pelo representante legal da associação, com a apresentação do seu endereço pessoal e do endereço da sede da entidade. De acordo com a Lei 9.096/95 os seguintes itens devem constar dos estatutos: A. A denominação, os fins e a sede da associação, bem como o tempo de sua duração; B. O modo como se administra e representa a sociedade, ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente; C. Se o estatuto é reformável no tocante à administração, e de que modo. D. Se os membros respondem ou não, subsidiariamente, pelas obrigações sociais; E. As condições de extinção da pessoa jurídica e nesse caso, o destino do seu patrimônio. Com a documentação em ordem o registro será feito, o oficial do cartório fará o lançamento da certidão de registro e devolverá uma das vias dos estatutos com o número de ordem, livro e folha onde foi lançado. Esse é o registro inicial da Associação, ao contrário do que exige a maioria dos cartórios, a lei não prevê a necessidade de assinatura de um advogado nas vias dos estatutos. O passo seguinte é providenciar o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, que será feita numa Delegacia da Receita Federal. Esse cadastro que permitirá a associação realizar transações financeiras, contratos, convênios, contratação de empregados. Para inscrição no CNPJ a associação deverá apresentar: 1. Documento básico de entrada, em duas vias (encontra-se disponível na receita federal); 2. Ficha cadastral da pessoa jurídica (encontra-se disponível na receita federal); 3. Quadro de associados (o mesmo utilizado para o registro no cartório); 4. Estatutos sociais registrados em cartório. Para inscrição municipal a associação deverá procurar a prefeitura do município: 1. Juntar requerimento para inscrição municipal acompanhado da documentação probatória. Geralmente estas prefeituras têm formulários específicos para estes procedimentos. Finalmente concluída a etapa, a Entidade estará devidamente registrada e pronta para entrar em funcionamento. Os demais documentos, livros caixa, registro de empregados, deverão ser providenciados juntos com o contador que for escolhido pela associação.

COMO É FEITO O MEU ATENDIMENTO E ASSESSORAMENTO, POSSO CANCELAR A QUALQUER MOMENTO?

: O VireiContador é especializado e já assessora diversas igrejas, realiza o seu atendimento por chat, skype e e-mail, utilize da forma que preferir. No ato da contratação dos serviços você receberá a lista de contatos que manterá com a nossa empresa nas áreas de relacionamento. Você receberá também as instruções para preenchimento online das suas notas fiscais e documentos mensais que serão enviados por nossa plataforma web. Tudo de forma simples e prática.

accordion

Abra sua empresa grátis*

Abrir sua empresa nunca foi um processo tão rápido, fácil e prático. Inicie agora!

no-repeat;center top;;

auto

0 4% 0 5%

fadeInLeft

Abrir empresa agora!

right

no-repeat;center top;;

auto

3px 0 0 0

bounceIn